Por Shirley Cruz
Em razão do aumento da criminalidade e da redução da frota de viaturas das polícias Militar e Civil, Iratã propõe debate na Câmara sobre Segurança Pública

O anúncio da Quality, empresa que presta serviço de locação de viaturas para as Polícias Militar e Civil do Tocantins, de reduzir 20% do total da frota locada a partir do dia 30 de outubro, foi alvo do pronunciamento do vereador Iratã Abreu (PSD-TO) durante a sessão desta terça-feira, 14.

Segundo Iratã, a redução das viaturas vai agravar a situação da Segurança Pública no Estado e mais ainda em Palmas, “onde os assaltos à mão armada e furtos estão acontecendo à luz do dia e o tráfico de drogas se alastrou, bem como a alienação dos nossos jovens pelo crack”, observou Iratã.

Em razão do exposto, o vereador Iratã fez um chamamento aos colegas vereadores e solicitou que, juntos, façam uma discussão sobre o tema com representantes das polícias Militar, Civil e Guarda Metropolitana. Conforme Iratã, o governador eleito Marcelo Miranda já propôs a formação de um gabinete integrado formado pelas forças policiais e em seu entendimento a Câmara Municipal de Palmas deve buscar espaço neste gabinete.

Apoio

Ao sinalizar seu apoio a Iratã, o vereador Valdemar Júnior (PSD) relatou que durante sua campanha foi abordado por uma viatura de PM no dia 30 de setembro e ouviu estarrecido o relato dos policiais de que naquele dia a cidade de Palmas contava com apenas três viaturas para realizar a segurança. “Conte com meu apoio vereador Iratã e aproveito para solicitar à presidência desta Casa que convide o secretário da Fazenda, Marcelo Olímpio, para que possa esclarecer como estão sendo feitos estes ajustes, cortes e cancelamentos de empenhos”, disse Valdemar Júnior.