Por Cimberley Cáspio

Brasil difícil 02imagem:homemculto.com

Trabalhar no Brasil é caro,e muito difícil.Temos por exemplo,o DETRAN. O que se paga para tirar à Carteira Nacional de Habilitação,somente para trabalhar como motorista,é uma fortuna,para quem não tem folga de orçamento.Se for para trabalhar com carro próprio,aí o custo vai nas nuvens.O investimento também é alto,se vamos falar em estudos e concursos,além do investimento também no que se refere a tempo.Depois vem as taxas e impostos,um dos mais caros do mundo.E o governo não alivia,sempre criando mais dificuldades para o trabalhador,e para os empresários,principalmente,os iniciantes,que vão empreender pela primeira vez.

É fato que alguns micro,pequenos e médios empresários,conseguiram chegar ao caminho do arco-íris,porém muitos outros faliram e tiveram que fechar às portas. Para abrir uma empresa é fácil,mas para fechar uma empresa, é difícil e também caro; pois até pra fechar à empresa,tem que pagar impostos e taxas devidas,além do contador.E o governo,continua não aliviando.Criando mais dificuldades.

Quem quer trabalhar,quer produzir,e quem produz,gera impostos; então por que se cria tanta dificuldade para a mão de obra sedenta por produzir? Por que também,tanta discriminação?

Sabemos que cada preso no país,custa cerca de R$ 1.800,00 para o governo. E se for um preso de penitenciária federal,o valor de cada preso,ultrapassa R$ 3000,00 . Com o número da população carcerária crescendo,tendo o Brasil,uma das maiores populações carcerárias do mundo,as verbas destinadas ao setor penitenciário,são bilionárias. E com certeza o governo deve está tirando grande vantagem com isso. Talvez esteja torcendo para que a maioria do povo brasileiro se torne bandidos,e sejam encarcerados. Motivo mais do que justo para tal verba aumentar ainda mais.E criando tanta dificuldade para um cidadão arrumar um emprego,que outro pensamento se pode ter?

É justo se pagar para trabalhar?Vamos fazer de conta que sim.Mas que se cobre do trabalhador,depois que ele estiver trabalhando,mas não criar antecipadamente ao trabalho,tanta dificuldade de cobrança,e regras flagrantemente discriminatórias,como idade por exemplo. Quem quer trabalhar,é porque não tem dinheiro e precisa trabalhar para ganhá-lo. Então por que cobrar de quem ainda não tem e precisa ganhar dinheiro,como por exemplo,os concursos?

O DETRAN,podemos dizer que hoje,é uma instituição jurássica e de grande complicação operacional para um trabalhador interagir. Não sei se a forma operacional do DETRAN e os bancos,podemos equiparar. Para resolver problemas simples,é difícil,leva tempo,e se perde dia de trabalho.É senha para informação,é senha para atendimento…Sem falar nas filas. E quando chega a vez de ser atendido,ou o problema não é resolvido,ou alguma taxa tem que ser paga. E o dia lá se foi.Quanta produção diária importante,é perdida com quantidades enormes de trabalhadores e aposentados,presos por horas,no interior das instituições públicas,na maioria das vezes,para simples soluções de problemas.

Muito se fala que as greves prejudicam e travam à economia.O governo,é um dos que mais reclamam; quer dizer,travar o povo por horas e horas,dentro de uma instituição pública,pode. E travar à economia,consequente de uma greve não pode?

Não quero aqui fazer apologia a greve,mas não se pode querer somente destravar um segmento importante e deixar travado outro segmento importante,que é o povo,o trabalhador,o aposentado,retido horas e horas em filas,ou sentados em cadeiras nos bancos ,esperando a vez do atendimento.Destravar à infraestrutura do desenvolvimento econômico,e deixar travado os geradores econômicos,no interior das instituições públicas, não é inteligente.

O Brasil,ainda está muito difícil para a classe trabalhadora.