Por Uemerson Florêncio
Todos os dias você vai encontrar motivos para desistir de algo, o simples fato de acordar pela manhã quando surge aquela intensa e falsa vontade para que permaneça em cima da cama, cobrir-se sob o lençol.

Ao matricular-se num curso para buscar melhor posicionamento profissional no mercado de trabalho e na hora de sair, uma visita chega a sua casa. Da mesma forma, quando algo desaparece dentro de casa e algum familiar seu pede para que procure, pois suspeita que você saiba onde estar.

Aquele telefone que toca e você percebe que está sendo saldo para retornar a ligação e aí solicita o celular de alguém dentro em casa para efetuar a chamada. Desafios semelhantes explodem todos os dias meus amigos e você percebe que o tempo passa, consequentemente chega atrasado no compromisso anteriormente firmado. Tenha controle do teu tempo e das adversidades que lhes rodeiam.

Não diferente disso, é no ambiente de trabalho, na primeira semana de trabalho. Inúmeros obstáculos surgem, lembre-se você estava desempregado e ninguém, nenhuma empresa lhe convidava nem mesmo para uma entrevista, quando é chamada a primeira entrevista, você simplesmente atrasa, chega tarde, por simples desatenção ao cumprimento no horário do sono na noite anterior.

Todos os dias novos desafios se levantam contigo. Mas e aí, o que você está fazendo diante disso tudo, deixa a vida te levar? Será que está “sentado com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar”? Saia da inércia, pois “relógio parado não adianta!”

Todos os dias alguém vai cruzar o seu caminho com boas e más intenções. Os incentivos para que você possa continuar no caminho de progresso e da prosperidade nem sempre aparecerá para ti, mesmo por que é você que é o “gênio da lâmpada”! Se fortaleça em algum princípio que lhe dê sentido em até mesmo viver!

Mas se ainda com todas essas ferramentas à sua disposição prefere tornar mendigo de si mesmo, rastejarás pelas calçadas da rudimentalidade e do primarismo e sempre que se aproximares de uma oportunidade se debruçarás nos braços do COMPLEXO DE INFERIORIDADE e lá habitarás deitado eternamente em berços mórbidos!

Há raios de sol sobre ti, se sentes calor é porque tem sensibilidade na sua pele, há muitos sem este sentido. Tudo na natureza tem ligação, veja, quando a terra dá as costas para o sol, surge a noite. Mas antes da noite chegar aprecie o pôr do sol e veja quantas maravilhas existem do pôr!

É hora da sua batalha, a batalha consigo mesmo, você tem braços, pernas, cérebro de obra, princípios e valores a sua disposição (escolha um), noção de tempo, espaço e universo. Está esperando o quê?

Uemerson Florêncio – Palestrante e pesquisador da Universidade Católica de Salvador-BA