Por Cimberley Cáspio
“E o taxista me falou da maravilhosa surpresa que teve,ao conduzir em seu taxi, Brito. Um ex-jogador de futebol ,com passagens em clubes importantes,tanto no Brasil,como no Exterior; e que conquistou vários títulos em campeonatos nacionais e internacionais,onde diante do sucesso,sua carreira de jogador de futebol,foi de vento em popa.Sucesso total.Realizou todos os sonhos que uma criança que hoje inicia numa escolinha de futebol almeja.

Segundo a história de Brito,relatada ao taxista,o atleta num certo tempo de sua vida,teve uma revelação de Deus,a qual,teria que deixar a vida que vivia,para fundar um projeto especial de evangelização.Sendo assim,teria que abdicar de sua própria glória e honra,para transferi-la à um Deus Todo Especial. Brito resistiu por um tempo a ter que abandonar a sua vida e atender o pedido sobrenatural. Porém num certo momento,cedeu,e mergulhou no escuro do mistério daquilo que nada sabemos e nada compreendemos. Seria loucura largar o certo,uma carreira de sucesso, por um mistério? Sim,pois tudo que se refere ao Senhor Jesus Cristo,nada mais é,do que puro mistério.O medo humano de entrar nesse mundo,de onde tudo pode acontecer,e sem uma sabedoria humana que nos possa mostrar o caminho de volta,domina por completo.Só a fé,naquilo que se acredita,sustenta o avanço e a permanência no caminho que leva a vontade do deuses,ou melhor,a vontade de Deus.

A vontade do Senhor Jesus Cristo é imperativa,ele governa à Terra com cetro de ferro,e sendo assim,conhecendo o ditado: “manda quem pode,obedece quem tem juízo”,Brito foi inteligente e obedeceu ao pedido sobrenatural.E a partir daí,não tinha a mínima ideia da vontade de Deus sobre a sua vida.

Foi então que veio em sua mente,a ideia de realizar o projeto Copa Evangélica de Futebol.E vieram a seguir,várias perguntas: é sensato? Que fundamento terá isso para Deus? O que Deus tem a ver com futebol? Mas Brito sabia que o REI,não dá satisfação dos seus atos aos súditos,e o melhor a fazer,era avançar com o projeto,sem ponderações e argumentações.E Brito também conhecia essa frase popular:” O Ministério Divino Adverte,obedecer ao Rei,faz bem a saúde.”

E a obediência rendeu frutos…Ao Rei.Hoje a Copa Evangélica de Futebol,é um exemplo de evangelização missionária no Brasil e no mundo. E o taxista perguntou a Brito: “- hoje,não mais sendo um jogador profissional,e a frente somente do evento que administra,em algum momento tem sentido dificuldade em relação à diferença de receita? Brito respondeu – o Senhor Jesus Cristo tem me honrado de uma forma que vivo bem e nada me falta.E hoje me sinto muito mais importante do que no tempo em que me achava celebridade.Como fui infantil.Mas Graças a Deus que agora sou adulto…e me sinto feliz de verdade.”